Cultura Digital

“A tecnologia mudou a maneira de se produzir cultura e os games são um exemplo claro desse fato.” Julia Stateri
A Recreativa

A cultura digital é um novo costume que surgiu a partir da revolução digital. Com isso, vieram novas possibilidades de expressão, comunicação, relações, trabalho e organização da sociedade global. Essa é uma cultura que nós ajudamos a criar. A partir da forma como nos comportamos hoje como sociedade, utilizando, de maneira cotidiana, os meios digitais.

Representatividade, Mundo Aberto e Arte Livre

A representatividade é uma das principais conquistas realizadas no território da cultura digital. Pois as tecnologias digitais permitiram a comunicação de massa de forma independente. Dessa maneira, passamos a ocupar este espaço social e a dar voz às nossas individualidades e pluralidades. Todos podemos ser representados na cultura digital. E todos podemos fazer parte da autoria da nossa história: individual e social.

Passamos agora para o mundo aberto, que é um oceano de possibilidades, onde a era da informação é só o início. Ele também despontou com a cultura digital. Don Tapscott, em uma palestra TED, fala sobre os quatro princípios para o mundo aberto: colaboração; transparência; compartilhamento; empoderamento. Vale assistir à palestra completa!

E se temos tudo isso nas mãos, a arte também ganha uma nova cena e cria diversas linguagens inéditas. Podemos destacar um fenômeno cada vez mais comum: a recepção distraída da arte. Ela acontece quando não precisamos mais parar para apreciar uma obra. Pois ela está em nosso cotidiano e simplesmente nos toca (quando toca), nos transforma como indivíduos e recria a nossa cultura e sociedade.
Outra característica democrática da cultura digital é o livre acesso à arte. Hoje, é fácil e barato assistir a filmes, ouvir músicas, ler livros digitais, assistir a vídeos de espetáculos de dança, teatro e circo. Além de descobrir eventos culturais gratuitos e até mesmo visitar museus virtuais.

O que é Arte na Cultura Digital?

Essa discussão nunca foi tão abrangente. A ponto de nos distanciar cada vez mais de uma resposta e nos aproximar de surpresas constantes.

  1. Arte na Gastronomia? 

Mesmo que nunca tenhamos provado, podemos acompanhar as criações de chefs apaixonados por meio de vídeos e blogs, disponíveis para quem quiser ver.

  1. Arte nos Videogames? 

Para Julia Stateri, os videogames são exemplos da popularização do gosto pelas narrativas, música orquestrada e outras formas de arte que existem nos jogos digitais.

  1. Arte nas Selfies? 

Elas são nada mais do que os antigos autorretratos que os artistas tanto gostavam de fazer. Aliás, não precisa ser exatamente uma imagem física de si mesmo, mas uma maneira pessoal de ver o mundo.

Educação Digital

A cultura digital permitiu também a democratização da educação. Por meio das tecnologias educacionais, cursos online e linguagens que geram envolvimento e fruição.

Conheça a colaboração da A Recreativa neste universo incrível: o Método Ativamente 😊
Gostou desse artigo? Leia outros sobre jogos, educação e assuntos relacionados no nosso blog 😉

_ _

Autora: Bruna Ribeiro – Desenvolvedora de Conteúdo da Equipe A Recreativa.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza A Recreativa a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.