Desafios Inteligentes na Resolução de Conflitos

Foi com esta poderosa questão em mente que busquei estruturar mais uma entrega profissional em desenvolvimento humano.

Como capacitar, de forma lúdica e divertida, um grupo de lideranças corporativas sobre toda complexidade que reside na temática de Gestão de Conflitos?


Foi com esta poderosa questão em mente que busquei estruturar mais uma entrega profissional em desenvolvimento humano. E foi a partir dessa questão que resolvi ousar e aplicar uma ferramenta diferente para estimular o grupo: o Rébus, enigma figurado que consiste em exprimir palavras ou frases por meio de figuras e sinais.


DIÁRIO VIRTUAL DE LEITURA: Atividade recreativa
(1, 3, 4, 1, 1, 4, 1, 5, 3, 1, 1, 2, 1 = 5, 1, 6, 7, 3, 6). Solução compartilhada mais abaixo no texto.

Assim como este desafio inteligente, todo conflito é um enigma que demanda um olhar sistêmico, ações integradas e um repertório vasto para ser solucionado. Ao lançar o desafio aos diferentes trios formados: “vocês têm alguns conflitos para serem resolvidos”, uma série de boas surpresas emergiram no processo de desenvolvimento daquele coletivo.

Os benefícios para a capacitação

Por ser um estímulo completamente inusitado, a aplicação do Rébus como ferramenta de desenvolvimento agregou:

  • Presença: rapidamente todos os participantes se envolveram nas atividades, eliminando qualquer preocupação/distração oriunda da rotina de trabalho.
  • Espaço para Exercitar o Cérebro: nossa mente não para, especialmente para quem tem senso de responsabilidade e propósito. Entretanto, temos criado estímulos diários para cuidar da saúde dessa mente? Essa foi uma reflexão que surgiu do grupo e o Rébus se evidenciou como possibilidade para essa missão.
  • Fortalecer a Inteligência Coletiva: “sozinho eu não conseguiria resolver isso”. Essa foi uma das frases compartilhadas e demonstra claramente o poder de um desafio dessa natureza: para solucionar problemas complexos é necessária uma diversidade de saberes e metodologias. Somente um grupo de pessoas pode alcançar esse patamar.
  • Mensagens claras sobre o tema trabalhado: uma conexão perfeita entre as percepções, sentimentos e aprendizados do grupo ao desvendar o Rébus e o assunto de Gestão de Conflitos.

E é exatamente sobre este último ponto que quero aprofundar.

Alcançamos uma quantidade imensa de paralelos entre a ferramenta e o objetivo da capacitação, fato que me surpreendeu demais ainda que já suspeitasse do sucesso da atividade. Abaixo compartilho os 3 principais achados nesse sentido:

Para Gestão de Conflitos é necessário repertório

Para solucionar o Rébus é preciso praticar competências como: capacidade de análise das informações, capacidade de interpretação de cenário, raciocínio lógico, aprendizagem rápida e criativa. Além de estimular uma variedade de conhecimentos como: conhecimentos gerais, história, geografia, vocabulário, dentre outros.

Mesma relação encontramos na resolução de conflitos. Afinal, para alcançar sucesso em situações assim precisamos de competências como:

  • visão sistêmica;
  • capacidade de encontrar e fazer leitura de diferentes informações/pontos-de-vista;
  • racionalizar a questão ao máximo – buscando fatos e consequências reais/claras e cuidando para que emoções não interfiram no processo de mediação do conflito (imparcialidade é fator primordial);
  • capacidade de aprender rapidamente e encontrar caminhos que muitas vezes demandam criatividade para serem executados.

Além de conhecimentos diversos:

  • teorias e métodos para Gestão de Conflitos;
  • ferramentas práticas para facilitação de Diálogos e Mapeamento de Cenários;
  • saber a quem recorrer para aprofundar a questão e buscar alternativas.

Não paramos por aqui.

Para Gestão de Conflitos é necessário ler o visível e o invisível

Outro ponto em comum entre Conflitos e Rébus é que ambos possuem elementos disponíveis e elementos que precisam ser descobertos.

Em um processo de solução de situações conflituosas a liderança deve não só considerar o dito, mas também o não dito; não só comportamentos evidentes, mas também comportamentos quase imperceptíveis; não só considerar os momentos em que as partes do conflito estão interagindo entre si, mas também os momentos em que estão afastadas; não só sentimentos transparecidos, como também encontrar aquilo que não veio à tona.

Por fim, um último ponto de destaque.

Para Gestão de Conflitos é necessário ir além do que a imagem apresenta

A solução de um Rébus, ainda que considere todos os elementos destacados no enigma, não tem relação direta com a imagem final. Por exemplo, a resposta para o Rébus compartilhado no início do nosso texto é: PAGAR A ÚLTIMA PARCELA SEM ATRASO.

A mesma ideia se aplica aos conflitos: nem sempre o que vemos como imagem de uma situação está apontando para sua solução. A solução deve considerar os elementos, mas transcender seu significado para encontrar algo novo, realmente valioso e definitivo.

A partir destas inspirações, espero que você tenha agregado conhecimentos em prol de sua jornada pessoal e profissional, principalmente quando o assunto é Gestão de Conflitos.

Ah! Você muito provavelmente você deve estar se perguntando como jogar Rébus, não é mesmo?

Eu te ajudo!

Exercitar o cérebro e promover o desenvolvimento de competências socioemocionais e cognitivas através da diversão é nosso propósito.

Portanto, deixamos alguns convites para você:

1. Assista ao vídeo abaixo e descubra como solucionar o Rébus:

2. Visite nosso Portal de Jogos e encontre este e muitos outros desafios inteligentes.

3. Conheça Nossa Loja e Produtos que há mais de 70 anos transformam vidas e integram gerações.

Um forte abraço,

— —

Gustavo Bonafé – Diretor de Experiência da Marca e Novos Produtos A Recreativa e Facilitador em Desenvolvimento Humano há 13 anos.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza A Recreativa a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.